Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

domingo, 6 de maio de 2012

O Milagre Eucarístico de Cássia, Itália, 1330


     Na cidade de Cássia, um bonito povoado, aninhado nas montanhas, na Umbria, Itália, perto de Sena, bastante conhecido por sua filha Santa Rita de Cássia, cujo corpo repousa na Basílica a ela dedicada, se conserva a Relíquia de um insigne Milagre Eucarístico ocorrido em 1330. Na Capela, debaixo do Tabernáculo, há uma caixa de cristal com os ossos do Beato Simone Fidati, que esteve envolvido no Milagre Eucarístico.
     Padre Simone Fidati, um sacerdote Agostiniano do século 14, apesar de ser jovem na região, era conhecido como muito sábio e santo, motivo pelo qual vários sacerdotes o procuravam para confessar.
      Um sacerdote certa vez o procurou para confessar-lhe que havia perdido o respeito pela Sagrada Eucaristia, e que não acreditava na presença real de Jesus Cristo, rezava a missa  por obrigação e se afastava de Deus cada vez mais.
     Ao se afastar de Deus, este sacerdote deixou de lado o respeito pelas coisas divinas e fazia com desdém seus trabalhos na Igreja. Certo dia ele recebeu um chamado de um enfermo para receber a Extrema-unção, era um camponês muito doente e que gostaria de receber a comunhão. O sacerdote deveria levar a Hóstia Consagrada em um relicário junto ao peito, porém como não mais acreditava e fazia as coisas de Deus simplesmente por obrigação, colocou-a entre as páginas de seu Breviário desrespeitosamente e foi até a casa do camponês.
     Ao abrir o Breviário ele ficou extremamente surpreso com o que constatou: A Hóstia Consagrada havia se convertido em sangue e as páginas entre as quais a Hóstia havia sido colocada, estavam manchadas de sangue.
     O sacerdote fugiu então em pânico e foi então a procura do Beato Simone confessar seu pecado, contar-lhe o milagre e pedir a absorvição do seu grande erro, que foi absorvido. O sacerdote entregou ao Beato Simone duas páginas de seu Breviário.
     Uma das páginas manchadas de sangue foi colocada no Tabernáculo de Perugia e a outra com a Santa Hóstia aderida à página foi para o mosteiro Agostiniano de Cássia.
      Em 1687, ocorreu o ato de reconhecimento da Relíquia do Milagre Eucarístico de Cássia. Para essa ocasião trouxeram do Convento de Santo Agostinho o texto de um antigo Códice que contém várias notas sobre o Prodígio. Além desse códice, o episódio é mencionado nos Estatutos Municipais de Cássia do ano de 1387, onde entre outras coisas, se ordenava que “cada ano, na festa de Corpus Christi, o Prefeito, os Conselheiros e todo o povo de Cássia, se reunissem na Igreja de Santo Agostinho e seguisse o clero que deveria levar a venerável Relíquia do Santíssimo Corpo de Cristo em procissão pela cidade”. No ano de 1930, por ocasião do sexto centenário do evento, foi celebrado um Congresso Eucarístico para toda a diocese de Nórcia, foi então que inauguraram um precioso Ostensório e publicaram toda a documentação histórica encontrada sobre o Milagre.
     Muitos papas promoveram o culto da Relíquia concedendo inclusive indulgências.
     Quanto a página com sangue, também venerada, ao longo dos anos, em Cássia, na Basílica de Santa Rita de Cássia, como "Corpus Domini", as pessoas notaram que no lugar do sangue começou a aparecer o rosto de Jesus Cristo. O sacerdote que mostra aos fiéis o milagre, coloca uma lanterna por trás da página para mostrar nitidamente o rosto.


Bibliografia consultada:
http://senhorbomjesus.net/
http://amigosemcristoprojetoamor.webnode.com.br

3 comentários:

  1. Parabéns pela iniciativa de escrever sobre estes temas, estou lendo todos os textos e gostando muito.

    ResponderExcluir
  2. O texto diz "...pedir a absorvição do seu grande erro, que foi absorvido....". Não seria "absolvição" e "absolvido"?

    ResponderExcluir

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...